Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias - UFPI > Demandas do CCS são apresentadas ao Reitor em reunião nesta terça
Início do conteúdo da página

Demandas do CCS são apresentadas ao Reitor em reunião nesta terça

Imprimir
Publicado: Terça, 22 de Dezembro de 2020, 17h13

 

DSC_0312-10-2.png

Reitor da UFPI, Gildásio Guedes, e os professores Arquimedes Cardoso (centro) e Gerardo 

O Reitor da UFPI, Gildásio Guedes esteve em visita nesta terça (22) ao Centro de Ciências da Saúde (CCS), na Av. Frei Serafim, em Teresina, para conversar com a direção do Centro e docentes da Medicina para conhecer mais profundamente as maiores demandas dos cursos.

IMG_0667.JPG

Fachada do Prédio do CCS, na Avenida Frei Serafim

A demanda pela transferência do CCS para o Campus Ministro Petrônio Portella foi uma das primeiras questões apresentadas ao Reitor. Na reunião, foi discutida também a necessidade de uma maior aproximação dos cursos de saúde com o Hospital Universitário da UFPI e da retomada do projeto de instalação de uma Unidade Basica de Saúde (UBS) no Campus para servir de campo de prática em Atenção Básica para alunos.

IMG_0652.JPG

A visita teve a participação do vice-reitor Viriato Campelo; do diretora do CCS, Carla Leite; do coordenador do Curso de Medicina, Arquimedes Cardoso; do subcoordenador da Medicina, Lauro Lourival Lopes Filho; da Professora Malvina Thais Pacheco, coordenadora do Mestrado Saúde e Comunidade, do docente Márcio Mascarenhas, do Departamento de Medicina Comunitária; de Gerardo Vasconcelos, do Departamento de Medicina Especializada. Também acompanhou a reunião o assessor especial do Reitor, Maycon Silva.

  DSC_0314-12.png

Diretora do CCS, Professora Carla Leite

 “ Há muito não tínhamos um reitor visitando o CCS aqui na Av. Frei Serafim; e a discussão de nossas demandas nesse espaço tem uma grande representatividade”, disse a Diretora do CCS, Carla Leite.

Segundo a diretora do CCS, a demanda de transferencia do Centro para o Campus da Ininga já foi apresentada a gestões anteriores há pelo menos 4 anos. “Há muito se trata da transferência do CCS e da Medicina para o Campus da Ininga. Ficaria tudo mais fácil para o Curso de Medicina, por exemplo,  porque os alunos têm atividades acadêmicas no Campus, mas precisam se deslocar com frequência pra a sede do Centro, na Av. Frei Serafim, para resolver questões administrativas junto à coordenação do curso e aos departamentos, que ficam no CCS.”, explica Carla Leite. Uma das propostas, segundo os professores, é que, com a transferência do CCS para o Campus, o prédio do Centro passasse a abrigar as pós-graduações da Saúde. Atualmente, os mestrados Saúde e Comunidade e Ciências e Saúde já têm suas atividades no CCS.

UBS no Campus

Sobre a instalação de uma UBS no Campus da UFPI, o coordenador do Curso de Medicina explicou que a implantação da unidade é fundamental para estabelecer campos de prática mais alinhados à natureza do curso. “ A maior parte do currículo dos nossos alunos é para ser desenvolvido na atenção básica”, disse Arquimedes Cardoso. Melhorar a estrutura na atenção básica, será util também às pró-graduações. “As pós-graduações começam de forma generalista, por isso a existência dessa UBS também é muito importante para esses alunos”, arrematou o Prof. Gerardo Vasconcelos.

  DSC_0303-2.png

Reitor da UFPI, Gildásio Guedes

O Reitor Gildásio Guedes orientou os professores e a direção do Centro a abrir tratativas com a nova gestão do Fundaçao Municipal de Saúde para retomar os debates sobre o assunto “ No que depender de mim, vocês têm meu total apoio, para articular a viabilidade dessa UBS. Quero participar das reuniões”, afirmou.

Proximidade HU e Cursos de Saúde

O Professor Lauro Lourival Filho detalhou a necessidade de maior alinhamento entre as coordenações dos cursos de saude e o Hospital Universitário para que os alunos tenham no HU de fato um hospital escola. Uma maior integração ofereceria mais campos para atuação dos cursos de saúde, mas também de outros centros e até do Colégio Tecnico de Teresina.

“Já coloquei ao novo superintendente do Hospital que precisará ter reuniões com a direção do CCS e com coordenadores de cursos para conhecer as demandas e alinhar esse necessidade à  atuação do HU”, finalizou o Reitor.

 

Fim do conteúdo da página