Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Educação do Campo
Início do conteúdo da página

Educação do Campo

Imprimir
Publicado: Quinta, 21 de Fevereiro de 2019, 10h53

Símbolo LEDOC

E-mail:

           

O curso de Licenciatura em Educação do Campo/Ciências da Natureza por trabalhar com a Metodologia da Alternância em sua dinâmica de funcionamento, já traz em sua base a inter-relação entre ensino, pesquisa e extensão. De tal modo, que a metodologia se desenvolve em dois tempos formativos: Tempo Universidade e Tempo Comunidade, o que agrega a construção de um trabalho contínuo de docentes e discentes para a aproximação entre os saberes construídos na universidade e os saberes vivenciados pelos estudantes em suas respectivas localidades.

            Por conseguinte, isto permite a concretização da relação teórico prática dos aprendizados com ações interventivas perante os enfrentamentos dos desafios emergentes nas comunidades. Essa é, pois a dinâmica em que a comunicação ocorre entre o curso da LEDOC e os povos do campo, dispondo-se pela interlocução de diferentes atividades acadêmicas e legitimando o Ensino, a Pesquisa e a Extensão no processo de sua ação formativa.

            Além disso, considerando a extensão, o Curso oferece dois grandes eventos: A Semana de Licenciatura em Educação do Campo/Ciências da Natureza (SLECAMPO), com periodicidade anual e tem por objetivo gerar espaço para ampliação das pesquisas e discussões sobre os aspectos sócios históricos, culturais, econômicos e político pedagógicos, intrínsecos à formação do educador do campo, apontando para o fortalecimento da construção dos laços identitários dos acadêmicos no âmbito do curso. O outro evento é O Festival da Educação do Campo/Ciências da Natureza (FESTICAMP) que com periodicidade bienal, mira a reflexão acerca da formação da interconexão entre Etnia, cultura e identidade, associada com a abordagem sobre os eixos Agricultura Familiar, Desenvolvimento Sustentável e Sistema de Produção e Trabalho no Campo, onde os alunos têm a oportunidade de fazerem as manifestações artísticas e apresentarem a cultura da sua localidade.

            O curso dispõe de um corpo docente composto por 13 docentes efetivos, sendo 02 doutores e 11 mestres.

            Atualmente, professores e alunos desenvolvem as seguintes atividades de extensão e pesquisa:

  • Projetos de Extensão Preparatório para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) nas áreas de Ciências da Natureza e Matemática, com 7 bolsas do Programa Institucional de Bolsas de Extensão (PIBEX)/UFPI;
  • Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID), Subprojeto “Educação do Campo/CAFS”, com financiamento CAPES. Conta com 24 bolsistas e 6 voluntários;
  • Projetos de Pesquisa “Diversidade de Tetrapoda na Coleção de História Natural da Universidade Federal do Piauí”;
  • Projeto de Pesquisa “Diversidade de Tetrapoda na Coleção de História Natural da Universidade Federal do Piauí.”, pelos Editais PIBIC e PIBIC nas Ações Afirmativas (Af) CNPq e UFPI (anos 2019 a 2021);
  • Participa, em parceria com o curso de Ciências Biológicas, na subcoordenação do Programa de Educação Tutorial (PET) Bio/Comunidades Quilombolas, que possui financiamento do MEC/FNDE e 12 bolsistas;
  • Projeto de Pesquisa sobre “Políticas Públicas Educacionais para comunidades campesinas.

            Além disso, o curso semestralmente apresenta no formato de Seminário Integrador todas as atividades de Ensino trabalhadas nas disciplinas: visitas técnicas, rodas de conversas ocorridas nas comunidades, palestras nas escolas, organização de Hortas comunitárias, e etc.

 

Galeria de Coordenadores

Período 2015 – 2017

 Joana

Profa. Me. Joana D’arc Socorro Alexandrino de Araújo

(Coordenadora)

  Monica

Profa. Me. Mônica Núbia Albuquerque Dias

(Vice-Coordenadora)

 

Período 2017 – 2019

 Marcones

Prof. Me. Marcones Ferreira Costa

(Coordenador)

Ricardo Gondim

Prof. Dr. Ricardo Gondim Sarmento

(Vice-Coordenador)

 

Período de Fevereiro/2019 – Julho/2019

Ricardo Gondim

Prof. Dr. Ricardo Gondim Sarmento

(Coordenador)

 

Período Agosto/2019 – Janeiro/2020

  Monica

Profa. Me. Mônica Núbia Albuquerque Dias

(Coordenadora Pró-Tempore)

 

Período 2020 – 2022

Gestão Atual

Monica 

Profa. Me. Mônica Núbia Albuquerque Dias 

(Coordenadora) 

Mestre em Educação pela Universidade Federal do Piauí/UFPI, Especialista em Psicopedagogia Institucional e em Docência no Ensino Superior, Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual do Piauí/UESPI, Professora efetiva da Universidade Federal do Piauí/UFPI – Classe B Assistente Nível 001 – Campus Amílcar Ferreira Sobral/CAFS – Floriano/PI no Curso: Licenciatura em Educação do Campo/LEDOC – Disciplinas: Educação Especial e Psicologia da Educação, História da Educação, Gestão e Organização da Escolas do Campo e Fundamentos Teóricos e Metodológicos da educação do campo. Ministrou no curso de Pedagogia a disciplina Alfabetização e Letramento. Na Educação básica atuou como Professora Alfabetizadora, professora Polivalente e ainda como coordenadora pedagógica em Escolas da Rede Pública Estadual do Piauí. E-mail:

 

 Francisco Erlon

Prof. Me. Francisco Erlon Barros

(Vice-Coordenador)

Possui graduação em filosofia pela Universidade Estadual do Ceará (UECE), mestrado em educação pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e é doutorando em educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Atualmente é professor-assistente na Universidade Federal do Piauí (UFPI) - lotado no Campus Amílcar Ferreira Sobral (CAFS) desde Maio de 2010, onde leciona as disciplinas de Metodologia Científica, Filosofia da Educação, Fundamentos Antropológicos da Educação, Sociologia Geral e da Educação, EJA, Educação do Campo, TCC e Ciência Política. Atualmente foi cadastrado com pesquisador do CNPq após aprovar projeto financiado de criação do Núcleo de Pesquisa e Extensão em Desenvolvimento Territorial (CHAMADA CNPq/MDA/SPM-PR Nº 11/2014) para os anos de 2015/2016. Exerceu a função de Assessor de Extensão do CAFS (2011-2014) e coordenou o programa de extensão, aprovado com recursos do MEC/SESu nos Editais de 2011 e 2013, denominado de "Programa de Formação para o Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário (PROEXT - RURA)L, organizando dois eventos nacionais com financiamento da CAPES e FAPEPI (dentre outros) sobre o tema do projeto, com ampla repercussão e participação. Possui ainda destacada experiência em Pedagogia Social, Educação do Campo, Elaboração de Projetos (inclusive com participação na elaboração de dois projetos de Doutorado Interinstitucional aprovados entre UFPI/UFRJ e UFPI/USP), Políticas Urbanas e Assessoria Parlamentar. E-mail:

  

Currículos do Curso

 

Para currículo detalhado: Clique aqui   

 

Projeto Pedagógico do Curso  

        Em consonância com o Edital 02, de 05 de Setembro de 2012, que se caracterizou pela CHAMADA PÚBLICA PARA SELEÇÃO DE PROJETOS DE INSTITUIÇÕES PÚBLICAS DE ENSINO SUPERIOR PARA O PROCAMPO, a Universidade Federal do Piauí, mais especificamente, o Centro de Ciências da Educação do Campus Ministro Petrônio Portela, apresenta o Projeto Pedagógico para o Curso de Licenciatura em Educação do Campo, que se destina à formação inicial de 120 (cento e vinte) discentes oriundos da área rural, por ano, para atuarem nas escolas do campo situadas em contextos socioculturais diversificados.

         Neste projeto, apresenta-se o contexto, as justificativas e as diretrizes curriculares organizativas para o desenvolvimento do Curso, em atendimento às demandas das políticas públicas para a Educação do Campo, bem como às proposições dos Movimentos Sociais e Sindicais, Fórum Estadual de Educação do Campo, secretarias estaduais e municipais de educação.

           Assim, a Universidade Federal do Piauí, buscando realizar sua missão de elaborar, sistematizar e disseminar os saberes das diversas áreas epistemológicas, colaborando com o desenvolvimento regional e nacional e com objetivo de promover a formação de professores multidisciplinares, com base na Pedagogia da Alternância, para a docência nos ciclos finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio para a Educação do Campo.

            A viabilização de formação superior específica para participantes dos movimentos camponeses tem como pretensão promover a expansão da oferta da Educação Básica nas comunidades rurais; o atendimento à demanda apresentada no campo, local em que há carência de professores qualificados para o ensino das Ciências da Natureza; além do auxílio à superação das desvantagens educacionais, observando os princípios de igualdade e gratuidade quanto às condições de acesso.

            Serão beneficiados anualmente 120 (cento e vinte) discentes oriundos da área rural, para atuarem nas escolas do campo situadas em contextos socioculturais diversificados. Estes discentes serão selecionados mediante processo seletivo específico, que garanta o acesso democrático ao Curso.

            O curso tem caráter regular e apoia-se em duas dimensões de alternância formativa integradas: o tempo-escola e o tempo comunidade. As atividades tempo-escola serão realizadas nos meses de janeiro/fevereiro e julho/agosto, e, durante encontros sistemáticos no intervalo de cada tempo-escola, parte constituinte das disciplinas e do Seminário Integrador.

            As atividades que configuram a dimensão tempo-comunidade serão realizadas no espaço socioprofissional do aluno, para que ele possa refletir sobre os problemas, discutir com a comunidade e colegas e levantar hipóteses acerca das soluções possíveis. Esta dimensão se concretizará em sala de aula, a cada retorno para as atividades de tempo-escola, mediante discussões e socializações.

              A integralização do curso deverá ocorrer (preferencialmente) em 8 semestres. Os conteúdos estão distribuídos na matriz curricular caracterizada pelo regime de créditos de disciplinas. A sistemática de avaliação da aprendizagem priorizará as atividades realizadas durante todo o processo de ensino-aprendizagem, atendendo à Resolução nº 177/2012 CEPEX/UFPI, por disciplina e semestralmente. A avaliação das ações do projeto será contínua e sistemática e contribuirá para o êxito da proposta de formação de professores em Licenciatura em Educação do Campo. 

PPC do Curso da LEDOC Aqui

 

Turmas que já concluíram o Curso

Turmas Ledoc

 

Corpo Docente do Curso

Efetivos

 

 

ÁgataÁgata Laisa Laremberg Alves Cavalcanti 

Professora do Curso de Licenciatura em Educação do Campo/Ciências da Natureza (LEDOC), do Campus Amílcar Ferreira Sobral, Universidade Federal do Piauí. Docente Orientadora do Programa Residência Pedagógica, da área de Educação do Campo, do Campus Amílcar Ferreira Sobral (CAFS/UFPI). Doutoranda em Educação (PPGEd/UFPI). Mestra em Educação, pelo Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEd/UFPI). Especialista em Gestão Ambiental pela Universidade Estadual do Piauí (UESPI) e graduada em Licenciatura em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Piauí (UFPI). Pesquisadora do Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa em Epistemologia da Prática Profissional (NIPEPP/UFPI). Participou do Observatório da Educação (OBEDUC/UFPI), investigando sobre as concepções a cerca das Escolas de Tempo Integral na cidade de Teresina-PI. Atualmente, atua na linha de pesquisa Formação Docente e Prática Educativa. Temáticas de estudo: Formação de Professores, Estágio Supervisionado, Educação a distância, TICs na educação, Metodologias de ensino. E-mail:

  

AmandoAmando Oliveira Matias

Mestre em Desenvolvimento e Meio Ambiente pela Universidade Federal do Piauí -UFPI e Graduado em Licenciatura Plena em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual do Piauí-UESPI. Tem experiência na área de Micologia, com ênfase na fitopatologia do gênero Phytium. Atuando, principalmente, no manejo de doenças fúngicas em tecidos radiculares de mandioca. E-mail:

 

WhatsApp Image 2020 09 29 at 20.15.46Florisvaldo Clementino Santos Filho

Possui graduação em Licenciatura Plena Em Química pela Universidade Federal do Piauí (2008) e mestrado em Programa de Pós Graduação em Química-UFSCar pela Universidade Federal de São Carlos (2010) e Doutorando pela UFPI. Atualmente, é Professor Assistente, classe a, da Universidade Federal do Piauí - Campus Amílcar Ferreira Sobral. Tem experiência na área de Química, com ênfase em Química, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino de química, meio ambiente, análises físico-químicas, quimica de produtos naturais, práticas voltadas para o Ensino de Ciências e Educação do Campo. Criador e Idealizador do Instagram de divulgação cientifica e ensino de Química @quimmassabr. E-mail:

 

Francisco ErlonFrancisco Erlon Barros

Possui graduação em filosofia pela Universidade Estadual do Ceará (UECE), mestrado em educação pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e é doutorando em educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Atualmente é professor-assistente na Universidade Federal do Piauí (UFPI) - lotado no Campus Amílcar Ferreira Sobral (CAFS) desde Maio de 2010, onde leciona as disciplinas de Metodologia Científica, Filosofia da Educação, Fundamentos Antropológicos da Educação, Sociologia Geral e da Educação, EJA, Educação do Campo, TCC e Ciência Política. Atualmente foi cadastrado com pesquisador do CNPq após aprovar projeto financiado de criação do Núcleo de Pesquisa e Extensão em Desenvolvimento Territorial (CHAMADA CNPq/MDA/SPM-PR Nº 11/2014) para os anos de 2015/2016. Exerceu a função de Assessor de Extensão do CAFS (2011-2014) e coordenou o programa de extensão, aprovado com recursos do MEC/SESu nos Editais de 2011 e 2013, denominado de "Programa de Formação para o Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário (PROEXT - RURA)L, organizando dois eventos nacionais com financiamento da CAPES e FAPEPI (dentre outros) sobre o tema do projeto, com ampla repercussão e participação. Possui ainda destacada experiência em Pedagogia Social, Educação do Campo, Elaboração de Projetos (inclusive com participação na elaboração de dois projetos de Doutorado Interinstitucional aprovados entre UFPI/UFRJ e UFPI/USP), Políticas Urbanas e Assessoria Parlamentar. E-mail:

 

JoanaJoana D’arc Socorro Alexandrino de Araújo

Graduada em Pedagogia com Habilitação em Magistério - Universidade Federal do Piauí (UFPI/1994) com Habilitação em Supervisão Escolar (UFPI/1996). Especialização em Docência do Ensino Superior - Universidade Estadual do Piauí (UESPI/1998). Mestra em Educação (UFPI/2007). Atualmente é professora da Universidade Federal do Piauí, lotada no Campus Amílcar Ferreira Sobral em Floriano (PI). Tem experiência na área de Educação e atua principalmente nos campos: Didática e Ensino, Fundamentos da Educação, Prática Pedagógica, Prática docente, Gênero Classes Multisseriadas e Educação do Campo. E-mail:

 

Júlio VilelaJúlio Fernando Vilela

Possui graduação em Ciências Biológicas Bacharelado pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (2002), graduação em Ciências Biológicas Licenciatura pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (2003), mestrado em Ciências Biológicas (Zoologia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2005) e doutorado em Ciências Biológicas (Genética) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2010). De 2011 a 2015 se manteve no departamento de Genética da UFRJ como pesquisador pós Doutor, bolsista PAPD CAPES/FAPERJ, desenvolvendo projetos ligados à sistemática e evolução de mamíferos. De 2015 a 2016 atuou como Pesquisador Pós-Doutor no Integrative Research Center do Field Museum of Natural History, Chicago - IL - USA como Bolsista CNPq Programa Ciência sem Fronteiras. Durante este ano no exterior manteve a linha de pesquisa em sistemática e evolução de mamíferos, porém utilizando técnicas novas como NGS (Sequenciamento de Nova Geração), montagem de genomas e extração e sequenciamento de DNA antigo (originado de espécimes depositados em coleções). Até julho de 2018 atuou como bolsista CNPq no Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade- ICMBio com Planos de Ação Nacionais para a Conservação de Espécies Ameaçadas, visando o aprimoramento e o estabelecimento de políticas públicas para a melhoria do estado de conservação de diversos táxons. Possui experiência docente em palestras, cursos, aulas teóricas e práticas nas áreas de Evolução, Genética, Geociências e Zoologia em níveis de graduação e pós-graduação. Trabalha ativamente em campo, laboratório molhado, laboratório seco (=computacional) e coleções, com preparação de espécimes testemunho e curadoria. Desenvolve projetos nas áreas de taxonomia, sistemática e evolução de mamíferos com a utilização de ferramentas multidisciplinares, envolvendo sistemática molecular, filogenética, citogenética, morfometria e bioinformática incluindo análises computacionais estatísticas e evolutivas, com familiaridade em programação para análises moleculares e montagem de genomas. Na área técnica constam trabalhos de prestação de serviços e consultorias para identificação de espécies de mamíferos e confecção de EIA/RIMA (estudos e relatórios de impacto ambiental) bem como revisão de artigos científicos, avaliação de trabalhos, projetos e participação em bancas. Assumiu em julho de 2018 a posição de Professor Adjunto DE no Campus Amílcar Ferreira Sobral (Floriano) - Universidade Federal do Piauí – UFPI. E-mail:

 

JussiaraJussiara Candeira Spindola Linhares

Possui graduação em Licenciatura Plena Em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual do Piauí (2007), especialização em Gestão Ambiental pela Faculdade Piauiense (2008) e mestrado e doutorado em Ecologia e Recursos Naturais pela Universidade Federal do Ceará. Atualmente é professora adjunto I da Universidade Federal do Piauí, Campus Amílcar Ferreira Sobral - Floriano. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Ambientes aquáticos, atuando principalmente nos seguintes temas: Rios, Manguezais, Peixes, Crustáceos, Ecologia Reprodutiva, Teoria de história de vida. E-mail:

 

Marcones copyMarcones Ferreira Costa

Graduado em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Piauí (2012), Mestre em Genética e Melhoramento pela Universidade Federal do Piauí (2015), Doutorando em Genética e Biologia Molecular pela Universidade Estadual de Campinas. Tem experiência na área de Genética, com ênfase em Recursos Genéticos Vegetais. Atualmente é Professor da Universidade Federal do Piauí. E-mail: .br

 

Maria do CarmoMaria do Carmo Gomes Lustosa

Doutoranda em Química Orgânica (2018-2022) pela Universidade Estadual Paulista/UNESP, atua na linha de pesquisa de fungos endofíticos associados a plantas e organismos marinhos. Mestrado em Química Orgânica pela Universidade Federal do Piauí/UFPI. Graduação em Química (Licenciatura) pela Universidade Estadual do Piauí/UESPI. Atualmente é Professora do Curso de Licenciatura em Educação do Campo/Ciências da Natureza da Universidade Federal do Piauí e Tutora a Distância do Curso de Licenciatura em Química na modalidade a distância CEAD/UFPI. E-mail:

 

Maria do Socorro Moura Costa

Mestra em Educação pela Universidade Federal do Piauí (2009), Especialista em História Sociocultural pela Universidade Federal do Piauí (2001), Especialista em Docência do Ensino Superior pela Faculdade Santo Agostinho (2007), Licenciada em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Piauí (1999) e Bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Piauí (1997). Atualmente tem tempo parcial na Faculdade Santo Agostinho e na Universidade Federal do Piauí (Campus Amílcar Ferreira Sobral, Floriano/PI). Tem experiência na área de Ciência Política e Sociologia atuando principalmente nos seguintes temas: Estado, Governo, Sociologia da Administração, Teoria Política, Partidos políticos, violência na escola, Educação, Cultura de Paz, Sociologia do Corpo, Sociologia do Esporte, Políticas Públicas, Pobreza, exclusão social e juventude. E-mail:

 

Michelle de Paula Madeira 

Doutoranda do Programa de Ciência e Engenharia de Materiais (UFPI). Mestrado em Física pela Universidade Federal do Piauí (2014) e Graduação em Licenciatura Plena em Física pela Universidade Federal do Piauí (2011). Docente Efetiva do Curso de Licenciatura em Educação do Campo da Universidade Federal do Piauí (Campus de Floriano). E-mail:

 

Mônica Núbia Albuquerque Dias

Mestre em Educação pela Universidade Federal do Piauí - UFPI, Especialista em Psicopedagogia Institucional e em Docência no Ensino Superior, Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual do Piauí - UESPI, Professora efetiva da Universidade Federal do Piauí - UFPI - Classe B Assistente Nível 001 - campus Amilcar Ferreira Sobral - CAFS - Floriano/PI no curso: Licenciatura em Educação do Campo - LEDOC - Disciplinas: Alfabetização e Letramento, Educação Especial e Psicologia da Educação, História da Educação, Gestão e Organização da Escolas do Campo e Fundamentos Teóricos e Metodológicos da educação do campo. E-mail:

 

image 1 copySaulo Albuquerque Gomes

Possui mestrado em Educação pela Faculdade de Ciências e Tecnologia - UNESP - Presidente Prudente - SP. Especialização em Ensino de Sociologia pela Universidade Estadual de São Paulo (USP). Licenciatura Plena em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Londrina. Professor efetivo de Sociologia no curso de Licenciatura e Educação do Campo (LEDOC) da Universidade Federal do Piauí, campus de Floriano. E-mail:

 

Colegiado do Curso

Profa. Me. Mônica Núbia Albuquerque Dias – presidente

Prof. Me. Francisco Erlon Barros – membro

Prof. Me. Amando Oliveira Matias – membro

Profa. Dra. Jussiara Candeira Spindola Linhares – membro

 

Núcleo Docente Estruturante (NDE)

Profa. Me. Mônica Núbia Albuquerque Dias – presidente

Prof. Me. Francisco Erlon Barros – membro

Prof. Me. Florisvaldo Clementino Santos Filho – membro

Profa. Me. Joana D’arc Socorro Alexandrino de Araújo – membro

Prof. Dr. Júlio Fernando Vilela – membro

Prof. Me. Saulo Albuquerque Gomes – membro

 

Coordenação de Estágio Curricular Obrigatório e do Não Obrigatório

Prof. Me. Florisvaldo Clementino Santos Filho

 

Fim do conteúdo da página