Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias - PROPESQI > Aviso de Edital FINEP 01/2018 Pesquisa e Inovação em Saneamento
Início do conteúdo da página

Conheça os programas e saiba quais editais estão vigentes

Imprimir
Publicado: Quarta, 01 de Maio de 2019, 10h21

Conheça os Programas


  • Iniciação científica e tecnológica

O Programa de Iniciação Científica e de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação atende alunos dos cursos de graduação e ensino médio, contribuindo para a formação de recursos humanos para a pesquisa, possibilitando o acesso e a integração do estudante à cultura científica. Programas de iniciação científica e tecnológica da UFPI:

  • Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica – PIBIC/CNPq/UFPI
  • Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica nas Ações Afirmativas – PIBIC-Af/CNPq/UFPI
  • Programa de Iniciação Científica Voluntária – ICV/UFPI
  • Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação – PIBITI/CNPq/UFPI
  • Programa de Iniciação Tecnológica Voluntária – ITV/UFPI

Para mais informações, acesse aqui.

  • Bolsa de produtividade da UFPI

O programa de Bolsa de Produtividade em Pesquisa (PQ UFPI) está centrado nos seguintes objetivos:

  • Identificar, reconhecer e valorizar docentes pesquisadores, concedendo no ambientes institucional da UFPI, bolsas de produtividade em pesquisa, de acordo com o estabelecidos nos editais, para aqueles que obtiveram mérito comprovado na proposta apresentada no edital de Bolsa de Produtividade do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), porém, não contemplados;
  • Aumentar a competitividade dos docentes pesquisadores da UFPI nos editais do CNPq e, consequentemente, induzir o aumento do número de bolsistas em Produtividade em Pesquisa do CNPq, bem como tornar a pesquisa da UFPI em destaque no cenário nacional;
  • Incentivar e induzir os docentes da UFPI a submeterem projetos competitivos nos editais do CNPq;
  • Melhorar o conceito dos Programas de Pós-Graduação da UFPI, considerando que o número de bolsistas de produtividade pesquisa constitui indicador de excelência no processo de avaliação da CAPES;
  • Estimular o desenvolvimento das pesquisa inovadoras que tenham mérito reconhecido por comitês avaliadores da principal agência oficial de fomento à pesquisa no país.

 Para mais informações, acesse aqui.

  • Incentivo à Publicação

O Programa de Incentivo à Publicação da Produção Intelectual da UFPI, criado pela Resolução Nº 152/2017-3 - CEPEX, tem por objetivo estimular e apoiar a produção intelectual de docentes da instituição, por meio de publicações em veículos de divulgação qualificada pelo sistema de avaliação da CAPES (QUALIS), em autoria ou coautoria. Tem-se como perspectiva incrementar quantitativamente e qualitativamente o desempenho dos docentes, tornando-os mais competitivos aos editais de agência de fomento, além de melhorar os indicadores de pesquisa e fortalecer os programas de graduação e pós-graduação da UFPI.

Para mais informações, acesse aqui.

  • Missão no Exterior

O Programa de incentivo a Missões de Apoio à Pesquisa tem os seguintes objetivos:

  • Fortalecer ações consolidadas ou incipientes de colaboração internacional, buscando promover o avanço da inserção dos grupos de pesquisa da UFPI nos centros consolidados
    fora do país;
  • Dar continuidade e consolidar a experiência de internacionalização no que diz respeito à pesquisa científica e tecnológica e à mobilidade acadêmica;
  • Estimular estratégias diferenciadas inovadoras para a execução de pesquisas em temas multidisciplinares de relevância nacional e internacional;
  • Possibilitar o desenvolvimento de temas de relevância, que promovam a visibilidade institucional nos periódicos de alto impacto;
  • Contribuir ao atendimento dos desafios socioeconômicos e das áreas estratégicas das políticas públicas em Ciência, Tecnologia e Inovação do país;
  • Fomentar ambientes de inovação, envolvendo também os arranjos produtivos locais e, em particular, com o projeto do Parque Tecnológico da UFPI.

Para mais informações, acesse aqui.

Fim do conteúdo da página