Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias - PRAEC > PRAEC faz sondagem sobre curso básico de Informática para estudantes da UFPI
Início do conteúdo da página

Talk Show sobre Aleitamento Materno é realizado na UFPI

Imprimir
Publicado: Quinta, 22 de Agosto de 2019, 11h20

Em alusão ao Agosto Dourado, mês dedicado à intensificação de ações voltadas para o aleitamento materno, a Universidade Federal do Piauí (UFPI) promoveu, nesta quarta-feira (21), um Talk Show com o tema "Aleitamento Materno nos 100 dias do bebê: Saberes e Práticas". A iniciativa se deu por meio da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis e Comunitários (PRAEC) e da Coordenadoria de Assistência Comunitária (CACOM), com promoção do Serviço de Apoio à Amamentação (SAMA) / (PRAEC-CACOM/UFPI).O evento aconteceu no Auditório de Nutrição do Centro de Ciências da Saúde (CCS).

DSC 80182019082117173720190822111339

SAMA realiza talk show sobre aleitamento materno na UFPI

Uma das novidades trazidas pelo SAMA este ano é a prestação de serviços de orientação e acompanhamento das mães para a amamentação ainda na gravidez, o que está sendo abordado na programação deste mês. Considerando que os primeiros 1000 dias de vida são contados desde o primeiro dia de gravidez até os 2 anos de idade do bebê, o objetivo do talk show é desenvolver competências, difundir conhecimento, incentivar e induzir a mobilização social em torno da prática do aleitamento materno, afim de garantir a proteção da saúde da mulher e da criança.

A professora Laureni Dantas de França é coordenadora do talk show e demais atividades do SAMA na Universidade. Ela esclarece o objetivo principal de toda a programação. "Esse tema dos 1000 dias do bebê é mais amplo e aborda o período em que nós alcançamos a mulher para o preparo para amamentação desde a gestação até os dois anos de idade da criança. Nós temos muito mais possibilidade de ter sucesso quando começamos a trabalhar na gestação, porque, quando o bebê nascer, a mulher já estará preparada para amamentá-lo", afirma. A coordenadora ainda acrescenta que o objetivo final é que todas as pessoas mobilizem as mulheres gestantes ou que estão amamentando até o SAMA para serem instruídas sobre a amamentação.

DSC 81122019082117160220190822111446

Laureni Dantas, professora da UFPI e coordenadora do talk show

Anoucheka Julien, estudante haitiana de Mestrado em Enfermagem da UFPI e bolsista da ONU (Organização das Nações Unidas) e do CAPES/UFPI, é beneficiária do SAMA desde antes do nascimento de seu filho. Ela relata, durante a programação, o apoio que recebeu da Universidade durante e após sua gestação, bem como de professoras do Curso de Enfermagem. "Fui recebida por uma professora da UFPI em sua casa e foi ela que me trouxe à Universidade. Aqui eu aprendo muito. A professora Laurenir que me ensinou e apoiou, e tudo saiu bem. E quando meu filho nasceu, elas foram à minha casa me ajudar e agradeço muito por isso", conta a mestranda.

DSC 80642019082117085820190822111552

Anoucheka Julien, estudante haitiana de Mestrado em Enfermagem da UFPI

Em 2019, o SAMA realiza uma programação baseada na interdisciplinaridade da amamentação. Uma vez que esse tema é bastante amplo e relacionado à vida cotidiana, principalmente da mulher, a organização do talk show incentiva uma visão mais ampla das necessidades da mulher, seu psicológico, biológico e social, afim de promover o aleitamento materno de maneira mais eficaz. Todas as mães participantes do evento além de assitirem a palestras ainda recebram certificados de participação.

DSC 80352019082117110320190822111743

Certificados de participação são concedidos às mães que participam do talk shou sobre Aleitamento Materno

Na programação, foram reunidos profissionais de várias áreas que trabalham com esse tema, de modo a se construir um discurso único, integrado e amplo. O evento contou com enfermeiros, obstetra, médicos, profissionais da área odontológica, filósofo, educadora indígena artística e ativista, nutricionista, fisioterapeuta, entre outros. Foram convidados ainda pessoas que trabalham com terapias integrativas.

DSC 80272019082117135420190822111923

Aliã Wamiri,indígena Guajajara (MA), Educadora artística, ativista e contadora de histórias

Para ser beneficiada pelos serviços do SAMA na UFPI, basta que a mulher seja estudante ou trabalhadora da Universidade. Todos os atendimentos são gratuitos.

Fim do conteúdo da página