Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias - UFPI > UFPI convida toda a comunidade para inauguração da primeira Via Universitária neste sábado (9). Inscrições ainda estão abertas
Início do conteúdo da página

Abertura Oficial da II Jornada de Integração do Centro de Ciências da Saúde (JICCS)

Imprimir
Publicado: Quarta, 06 de Novembro de 2019, 23h41

WhatsApp Image 2019-11-07 at 00.30.29.jpeg

Visando promover uma maior integração entre os estudantes dos cursos Educação Física; Enfermagem; Farmácia; Medicina; Nutrição; Odontologia; Medicina; Serviço Social, aconteceu na noite desta quarta-feira (06), no Cine Teatro da Universidade Federal do Piauí, a abertura oficial da II Jornada de Integração do Centro de Ciências da Saúde (JICCS), do IV Seminário de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde e I Jornada de Práticas Integrativas e Complementares na Saúde (PICS).

A edição deste ano reúne estudantes, docentes e pesquisadores em torno do tema “Educação Interprofissional: desafios e potenciais de profissionais na saúde”, contou com palestra de abertura “Educação Interprofissional: desafios e potenciais de profissionais na saúde” do Doutor em Clínica Médica - Ensino em Saúde, Prof. Dr. Edson Roberto Arpini Miguel – Universidade Estadual de Maringá – UEM.

 coral.jpeg

Para animar este momento, houve a apresentação cultural do Coral da UFPI, sob coordenação do Professor e Maestro Samuel Fagundes.

mesa.jpeg

Para abertura da segunda edição da JICCS da UFPI, a mesa de honra foi composta pelo representante da Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação (PROPESQI) e representando o reitor da UFPI, do Prof. Dr. João Batista Lopes; o Diretor do Centro de Ciências da Saúde, Prof. Dr. Viriato Campelo, a Presidente da Comissão Organizadora do evento, Profa. Dra. Carla Patrícia de Carvalho, a Coordenadora Geral de Estágio, representando a Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (PREG), Profa. Dra. Maria Rosália Ribeiro Brandim e o palestrante da noite, Prof. Dr. Edson Roberto Arpini Miguel – Universidade Estadual de Maringá – UEM.

DSC_0352.JPG

“Diante da crise que estamos vivendo, a crise parece que aproxima, que busca união no sentido de resolvermos os problemas. E este evento mostra isso, que dentro da crise, nós conseguimos fazer evento de qualidade e com baixo custo envolvendo mão de obra qualificada que hoje dispõe o Piauí”, disse o Prof. Dr. João Batista Lopes, destacando o momento de crise pelo qual passa a Universidade e a ciência no país. Além disso, o professor ressaltou a relevância do evento para a formação dos estudantes.  “O mundo de hoje está exigindo que no meio científico e acadêmico, nós venhamos trabalhar de forma multidisciplinar, de forma interdisciplinar, eu acho que o ganho é maior. E este evento que envolve toda a estrutura da UFPI nada mais é que o resultado do esforço de todos”, disse.

DSC_0336.JPG

O Diretor do Centro de Ciências da Saúde, Prof. Dr. Viriato Campelo, destaca que objetivo do evento é desenvolver a formação interdisciplinar. “Pensamos a integração a partir da interprofissionalidade. Este conceito articula novos arranjos de formação e propõe elementos constitutivos do trabalho coletivo na saúde e na educação. Vejo que cada dia que passa, o Centro de Ciências da Saúde busca essa integração, fazendo algumas linhas de contatos para aproximar as pessoas umas das outras e preparar o aluno para o mercado de trabalho”, explica.

carla.jpeg

A Coordenadora da Comissão Organizadora do evento, Profa. Dra. Carla Patrícia de Carvalho fala que a jornada teve mais de 250 inscrições, mais de 150 trabalhos aprovados nos mais variados temas e ressaltou também a relevância do evento para a formação dos estudantes. “Superamos nossas expectativas este ano. Desejamos que vocês aproveitem todas as atividades que foram organizadas e pensadas com muito cuidado e carinho para mostrar o que cada um os cursos vem desenvolvendo de trabalhos de pesquisas/ensino nas diversas áreas e no âmbito do CCS”, explica.

DSC_0375.JPG

Durante o evento de abertura Prof. Dr. Edson Roberto Arpini Miguel – Universidade Estadual de Maringá – UEM, realizou uma palestra que falou sobre a “Educação Interprofissional: desafios e potenciais de profissionais na Saúde” e destacou o conceito educação interprofissional em Saúde como uma formação mais comum, especifica compartilhada e colaborativa. “Estamos abordando a Interprofissionalidade como um conceito de que se aprende com as pessoas e sobre as pessoas que estão com você”, disse.

 DSC_0364.JPG

Segundo Edson Roberto Arpini, a interprofissionalidade em Saúde pode ser um modelo para  superar as desigualdades e hierarquias presentes no campo da Saúde e da Educação. Ela considera os princípios e diretrizes que guiam o SUS e se constitui como uma referência para as mudanças do trabalho e da formação em saúde necessárias para realização do trabalho na saúde de forma integrada.

O evento segue até sexta-feira (08), onde estudantes, docentes e pesquisadores e demais participantes terão a oportunidade de acompanhar apresentação de trabalhos científicos, tendas de orientações sobre vacinas e gestão do trabalho e educação na saúde, mesas redondas e  Palestras de especialistas sobre temas importantes relacionados a pesquisa, arboviroses, ensino e serviço na área da saúde, dentre outras temáticas.

Confira mais fotos.

Fim do conteúdo da página