Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias - UFPI > Assessoria de Ensino do Campus de Picos lança edição 2019.1 dos cursos de nivelamento
Início do conteúdo da página

Professores do Departamento de Química da UFPI integram a equipe do projeto de rede nacional INCTBioNat

Imprimir
Publicado: Quinta, 30 de Março de 2017, 14h45

DSC00395.jpg

Professores pesquisadores da UFPI, integrantes do INCTBioNat

Os professores Dr. Gerardo Magela Vieira Júnior, Dra. Mariana Helena Chaves e Dra. Sâmya D. Lima Sousa, do Departamento de Química da Universidade Federal do Piauí (UFPI), fazem parte da equipe de pesquisadores que aprovaram recentemente um projeto intitulado “Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia em Biodiversidade e Produtos Naturais – INCTBioNat”.

O INCTBioNat tem o intuito de estudar a biodiversidade de produtos naturais do Brasil do ponto de vista químico-farmacológico, buscando compostos bioativos em potencial e visando o desenvolvimento de produtos. 

O projeto é coordenado pela Profa. Dra. Vanderlan da S. Bolzani do Instituto de Química da Universidade Estadual Paulista (UNESP/Araraquara), contudo, participam pesquisadores de todas as regiões do Brasil, incluindo a UFPI.

DSC00379.jpg

Profa. Dra. Mariana Helena Chaves do  PPGQ, pesquidadora do projeto

A Profa. Dra. Mariana Helena Chaves, do Programa de Pós-Graduação em Química (PPGQ), falou da importância do projeto. “Iremos realizar um estudo da biodiversidade de produtos naturais do Piauí, com isso, contribuiremos para o aprimoramento de resultados já existente que possam resultar no desenvolvimento de um produto, como por exemplo, fitoterápico ou um fitomedicamento. Entretanto, esse é um dos objetivos, mas, sobretudo trabalharemos para desenvolver ciência básica, com formação de recursos humanos qualificados e o fortalecimento de grupos emergentes”, declarou.

Ainda de acordo com a professora Mariana Chaves, o projeto sofreu cortes de 30% em relação ao total solicitado. "Embora tenha havido um corte, os recursos aprovados são da ordem de 7 milhões de reais. O aporte de recursos será feito 50% pelas Agências Federais CAPES e CNPq e os outros 50% pela FAPESP", aponta. 

DSC00380.jpg

Profa. Dra. Sâmya D. Lima Sousa, integrante da equipe do INCTBioNat

Para a Profa. Dra. Sâmya D. Lima Sousa, integrante da equipe, o INCTBioNat beneficia a UFPI e o Piauí. ”Nós buscamos sempre novos produtos, principalmente, com plantas da região do nosso cerrado. Desse modo, queremos ampliar os estudos na nossa biodiversidade, e isso é um benefício para UFPI, pois terá uma demanda de pessoas da Universidade para estudar sobre o assunto e quem sabe obter novos produtos que poderão ser aplicados na região”, frisou.

DSC00387.jpg

Prof. Dr. Gerardo Magela Vieira Jr, pesquisador do INCTBioNat

O Prof. Dr. Gerardo Magela Vieira Jr, pesquisador do INCTBioNat, explicou como ingressou na equipe do projeto. “Estamos trabalhando há anos com a biodiversidade brasileira de plantas, por possuir uma temática semelhante,  a nossa parte da pesquisa com anfíbios foi anexada ao projeto. Com isso, a UFPI na equipe do INCTBioNat tem a oportunidade de contribuir com as pesquisas da biodiversidade que envolvem todas as regiões brasileiras”, relatou.

O projeto é de grande relevância para o país, pois contribuirá para desenvolvimento da ciência básica e aplicada nas diversas áreas pertinentes ao estudo dos produtos naturais, fortalecimento de grupos emergentes e formação de recursos humanos.

O INCTBioNat oferecerá bolsas de Mestrado, Doutorado e Pós-Doutorado. Os estudantes da graduação poderão participar por meio do Programa de Iniciação Científica.

A primeira reunião dos pesquisadores do INCTBioNat, foi realizada no dia 10 de março no auditório da Biblioteca do Instituto de Química da UNESP, em Araraquara, e teve a participação da professora Mariana H. Helena Chaves, representando o grupo de Química dos Produtos Naturais da UFPI.

CONFIRA AQUI O RESUMO DO PROJETO. 

Fim do conteúdo da página