Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias - UFPI > Departamento de Química comemora 40 anos de implantação; professor Torres é homenageado com nome dedicado a auditório
Início do conteúdo da página

UFPI terá Centro em Educação Permanente de Enfrentamento ao crack

Imprimir
Publicado: Quarta, 30 de Maio de 2012, 04h28

Preocupada com a rapidez que as drogas, especialmente o crack, estão se espalhando pelo Estado, a Universidade Federal do Piauí irá implantar o Centro de Referência em Educação Permanente em Saúde para o enfrentamento ao Crack - CREPE. 

Segundo professor José Ivo dos Santos Pedrosa, responsável pelo projeto, o objetivo do CREPE é formar equipes de saúde que tenham perspectivas diferentes das utilizadas atualmente. "É de fundamental importância que os usuários de drogas sejam recebidos por profissionais bem preparados para, sobretudo, acompanhá-los de modo socialmente inclusivo. Infelizmente, não é o que acontece hoje em dia", informou o educador.

Serão ofertados seis cursos, cada um com 40 vagas e com 120h de duração. Profissionais da Rede Hospitalar, médicos do Programa Saúde da Família e agentes comunitários e do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) poderão participar dos cursos.

"Lamentavelmente, o crack pode ser encontrado na maioria dos municípios do Piauí. Por isso, pretendemos trabalhar não só em Teresina, mas em todo o Estado. A estratégia será ofertar esses cursos de acordo com o território, começando pelo Entre-rios, no qual Teresina está inclusa", finalizou o professor.

Para a implantação do centro, estão sendo esperados recursos da Secretaria Nacional Antidrogas, orçados em R$ 300 mil, ainda sem previsão de liberação.

O CREPE é vinculado ao Núcleo de Estudos em Saúde Pública (NESP) da UFPI. Saiba mais sobre o NESP aqui.

Fim do conteúdo da página