Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias - PARFOR > Trabalho sobre o uso da música em aulas de História é destaque durante VII SIMPARFOR
Início do conteúdo da página

Pesquisa nacional confirma a importância da continuidade do PARFOR

Imprimir
Publicado: Terça, 25 de Junho de 2019, 18h45

ensino-fundamental-fb.jpg

Foto retirada da Internet: https://www.significados.com.br/

De acordo com matéria publicada nesta terça-feira (25) no portal de notícias UOL, cerca de quatro em cada dez professores que davam aula para os anos finais do ensino fundamental (entre o 6º e o 9º ano) no Brasil em 2018 não tinham formação adequada para o que ensinavam. Isso corresponde, por exemplo, à situação de um professor formado em matemática, mas que acaba dando aulas de física.

O dado é do Anuário Brasileiro da Educação Básica 2019, divulgado hoje. Segundo o levantamento, 37,8% dos docentes dos anos finais do ensino fundamental não tinham licenciatura ou complementação pedagógica na área da disciplina pela qual eram responsáveis.

No ensino médio, esse índice ficou em 29,2% dos educadores. O indicador não foi considerado para os anos iniciais do ensino fundamental porque, nessa etapa, ainda não há uma divisão clara entre as disciplinas ensinadas para os alunos.

O anuário é resultado de uma parceria entre o movimento Todos pela Educação e a editora Moderna e tem como base os microdados do Censo e os dados da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) Contínua, realizados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

A Universidade Federal do Piauí, desde 2010, assinou termo de adesão ao Parfor – Programa Nacional de Formação de Professores da Educação Básica. Desde então, foram qualificados 1.432 professores em 112 turmas e 15 cursos: Artes Visuais, Ciências Biológicas, Ciências da Natureza, Ciências Sociais, Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, História, Letras-Inglês, Letras-Libras, Letras-Português, Matemática, Música e Pedagogia. Estes cursos foram oferecidos em 10 municípios piauienses: Batalha, Bom Jesus, Currais, Esperantina, Floriano, Luzilândia, Parnaíba, Picos, Teresina e Uruçuí.

No Brasil inteiro, o Parfor já qualificou cerca de 60 mil professores desde 2010. A continuidade do programa, no entanto, é incerta.

Confira os dados do Parfor no site da Capes: http://www.capes.gov.br/pt/educacao-basica/parfor

Confira na íntegra, matéria publicada no portal UOL: https://educacao.uol.com.br/noticias/2019/06/24/de-cada-10-professores-do-fundamental-4-nao-tem-formacao-no-que-ensinam.htm

 
 
 
Fim do conteúdo da página