Homenagem ao Dia do Nutricionista

Imprimir
Publicado: Segunda, 31 de Agosto de 2020, 17h06

Dia do nutricionista: comemoração e reflexão

Prof Joilane Alves Pereira Freire

Coordenadora do Curso de Nutrição UFPI - CSHNB

WhatsApp Image 2020-08-31 at 14.01.46.jpeg

No dia 31 de agosto comemora-se o dia do nutricionista. Essa profissão nasceu no Brasil em 1939 com a criação do primeiro curso de Nutrição no país no Instituto de Higiene de São Paulo, atual Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo. São 81 anos de profissão, e o desenvolvimento da Nutrição como ciência, bem como do reconhecimento da importância da profissão é cada vez mais notável no Brasil e no mundo. Reconhece-se em todo o mundo que a alimentação é um dos principais fatores determinantes da saúde (WHO, 2004).

Com base na Resolução CFN 380 (2005), o nutricionista é o profissional habilitado para promoção, manutenção e recuperação da saúde por meio da alimentação, a partir da atuação diversas áreas, como nas áreas clínica, saúde pública, hotelaria, spa, esportiva e marketing, redes de fast-food, inspeção de alimentos, consultoria e cozinhas experimentais, educação nutricional, ensino e pesquisa. Somos profissionais experts em alimentação saudável, e aprendemos na graduação o valor das evidências epidemiológicas sobre a relação direta entre alimentação e adoecimento e reconhecemos que conhecer é melhor do que ignorar quando é preciso agir.

O curso de graduação em Nutrição da Universidade Federal do Piauí do Campus Senador Helvídio Nunes de Barros, foi instituído em 2006 na cidade de Picos – PI e é formado por equipe de professores que buscam trabalhar em equipe em sintonia mesmo no período da Pandemia e em trabalho remoto, buscando incessantemente transmitir conhecimento aos graduandos incluindo atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Esse cuidado é principalmente por entendermos que para o (re)estabelecimento da saúde, em nutrição, é necessário mais do que prescrever nutrientes e alimentos, acreditamos que não devemos normatizar a alimentação e olhar para a informação científica como algo absoluto. Instrumentos conceituais e fundamentos teóricos que não estão no “verdadeiro” do discurso biológico fazem-se necessários nas proposições sobre a alimentação saudável, uma vez que interesses políticos e econômicos dos setores hegemônicos ligados à dimensão biomédica não deixam muito espaço para a discussão das questões psíquicas e sociais. e pode-se acreditar que onde melhor se pode aprender tais conceitos seja na formação em Nutrição.

Ademais, graduandos estão imersos no mesmo ambiente e sujeitos às mesmas influências que as demais pessoas, modulando suas atitudes alimentares. Além disso, acredita-se que o entendimento de estudantes de Nutrição sobre alimentação saudável norteará sua prática profissional, assim, é fundamental o ensino aliado à vivencia prática.

A sociedade vive em constante mudanças e o ensino na Graduação em Nutrição deve conduzir à formação de profissionais capazes de entender sobre alimentação saudável, saúde, gestão, marketing, saúde pública, segurança alimentar; biotecnologia sustentável, tecnologia de alimentos, economia e política, dentre muitos outros conceitos e práticas; que nos fazem desejar para um futuro próximo o reconhecimento e a incorporação de uma alimentação saudável “planejada com alimentos de todos os tipos, de preferência naturais e preparados de forma a preservar o valor nutritivo e os aspectos sensoriais, garantindo que os alimentos sejam seguros e harmoniosos, qualitativa e quantitativamente adequados, respeitando e valorizando as práticas alimentares culturalmente identificadas, visando à satisfação das necessidades nutricionais, emocionais e sociais” (Brasil, 2014); nos fazem desejar uma saúde que olhe o ser humano em sua totalidade (Almeida Filho, 2013); e um nutricionista que esteja habilitado para promoção, manutenção e recuperação da saúde por meio da alimentação considerando a amplitude de tais conceitos.

Abaixo segue o nome da equipe de docentes efetivos e substitutos do curso, destacando Lattes e formação acadêmica:

  1. Ardilles Juan Carlos Alves dos Santos. Formação acadêmica: Biólogo. Lattes: http://lattes.cnpq.br/0446861657408858
  2. Andrea Gomes da Silva Santana. Formação acadêmica: Nutricionista. Lattes: http://lattes.cnpq.br/5881034605343417
  3. Artemizia Francisca de Sousa. Formação acadêmica: Nutricionista. Lattes: http://lattes.cnpq.br/8697418812500261
  4. Danilla Michelle Costa e Silva. Formação acadêmica: Nutricionista. Lattes: http://lattes.cnpq.br/3805267746646512
  5. Iana Bantim Felício Calou. Formação acadêmica: Farmacêutica. Lattes: http://lattes.cnpq.br/3232388471096813
  6. Joilane Alves Pereira Freire. Formação acadêmica: Nutricionista. Lattes: http://lattes.cnpq.br/4684140374843385
  7. Julianne Viana Freire Portella. Formação acadêmica: Nutricionista. Lattes: http://lattes.cnpq.br/6327339123055298
  8. Laís Lima de Castro. Formação acadêmica: Nutricionista. Lattes: http://lattes.cnpq.br/8825000429729770
  9. Marcia Luiza dos Santos Beserra. Formação acadêmica: Nutricionista. Lattes: http://lattes.cnpq.br/3002372599749578
  10. Nara Vanessa dos Anjos Barros. Formação acadêmica: Nutricionista. Lattes:http://lattes.cnpq.br/8806506159892654
  11. Rafaella Cristhine Pordeus Luna. Formação acadêmica: Nutricionista. Lattes: http://lattes.cnpq.br/2275474957521677
  12. Regina Marcia Soares Cavalcante. Formação acadêmica: Nutricionista. Lattes: http://lattes.cnpq.br/3272448488233781
  13. Stella Regina Arcanjo Medeiros. Formação acadêmica: Engenheira de Alimentos. Lattes: http://lattes.cnpq.br/2113434070256338
  14. Theides Batista Carneiro. Formação acadêmica: Nutricionista. Lattes: http://lattes.cnpq.br/0549623323871290

Professores Substitutos:

  1. Jennifer Beatriz Silva Morais. Formação acadêmica: Nutricionista. Lattes: http://lattes.cnpq.br/6661531084504971
  2. Stéfany Rodrigues de Sousa Melo. Formação acadêmica: Nutricionista. Lattes: http://lattes.cnpq.br/5400128184495014
  3. Maiara Jaianne Bezerra Leal Rios. Formação acadêmica: Nutricionista. Lattes: http://lattes.cnpq.br/6184959506346002
  4. Victor Alves de Oliveira. Formação acadêmica: Nutricionista. Lattes: http://lattes.cnpq.br/8311202733793382

 

Referências


Almeida Filho N. O que é saúde? Rio de Janeiro: Fiocruz; 2013.

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Guia alimentar para a população brasileira/ Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. 2 ed. Brasília: Ministério da Saúde; 2014.

Koritar P, Alvarenga M. Fatores relevantes para uma alimentação saudável e para estar saudável na perspectiva de estudantes de Nutrição. Demetra; 2017; 12(4); 1031-1051.

World Health Organization. 57th World Health Assembly. Global strategy on diet, physical activity and health. Geneva: WHO; 2004. Disponível em: http://www.who.int/dietphysicalactivity/strategy/

 

LISTA DE PROFESSORES EFETIVOS E AS RESPECTIVAS ÁREAS DE ATUAÇÃO

 

Professor (a)

Área de atuação

Profa. Dra Andrea Gomes da Silva Santana

Saúde Pública

Nutrição Humana

Gestão na Saúde

Prof. Dr. Ardilles Juan Carlos Alves dos Santos

Morfofisiologia e Biotecnologia

Profa. Ma. Artemizia Francisca de Sousa

Nutrição materno-infantil

Saúde pública

Profa. Ma. Danilla Michelle Costa e Silva

Nutrição em Saúde Pública

Nutrição Humana

Profa. Dra. Joilane Alves Pereira Freira

Biotecnologia e Ciência de Alimentos, Nutrição em Saúde Pública

Profa. Ma. Julianne Viana Freire Portela

Ciência, Tecnologia e Inovação em Alimentos

Nutrição humana

Profa. Ma. Laís Lima de Castro

Nutrição em Saúde Pública

Nutrição Humana com ênfase em câncer e DRC

Profa. Ma. Márcia Luisa dos Santos Beserra

Saúde Coletiva

Saúde Pública

Profa. Dra. Nara Vanessa dos Anjos Barros

Ciência de Alimentos

Nutrição humana

Profa. Ma. Regina Márcia Soares Cavalcante

Nutrição e Saúde

Profa. Dra. Stella Regina Arcanjo Medeiros

Ciência de Alimentos

Profa. Dra. Theides Batista Carneiro

Ciência dos Alimentos

Ciências Morfofuncionais

Profa. Dra. Rafaella Cristhine Pordeus Luna

Nutrição Clínica