Jogos Universitários da UFPI acontecem neste mês e trazem muitas novidades

Imprimir
Publicado: Sexta, 04 de Outubro de 2019, 15h41

Jogos UFPI 201920191004153410

Esporte é sinônimo de saúde, foco e interação social, além de propiciar bem-estar físico e mental. Preocupados em garantir espaços de convívio e valorização da prática esportiva, juntaram-se a Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PREXC), a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis e Comunitários (PRAEC) e o Setor de Esportes para realização dos Jogos Universitários, que iniciam suas atividades no dia 18 de outubro, repletas de novidades. A expectativa é que todo o ciclo de competição encerre dia 2 de novembro.

A largada das atividades acontece com a “Volta da Federal”, corrida de longa distância, saindo do Centro de Ciências Agrárias (CCA) em direção à pista de atletismo do Setor de Esportes, totalizando 5 mil metros de percurso.

Toda a comunidade acadêmica e externa é convidada a participar desse momento que deve iniciar às 17h e, também, da solenidade de abertura às 18h, que vai contar com a presença de representantes da Instituição, convidados, show de malabarismo, grupos musicais, entre outros., construindo, assim, um espaço dinâmico.

A novidade é que, diferente das edições anteriores, este ano as atléticas (entidades independentes dentro da Instituição) participam dos Jogos Universitários competindo entre si. Além de agregarem valores à vida dos estudantes, com atuação excepcional na promoção do esporte dentro de um ambiente que não é obrigatória essa prática, também desenvolvem trabalhos sociais, como doação de sangue e coleta de roupas. O formato do evento tem como objetivo estimular os cursos que não têm, a criarem sua atlética.

O Prof. Dr. Sérgio Galan, Coordenador de Ações de Extensão voltadas para Cultura, Esporte e Lazer da PREXC, conta que este ano tem a competição de atletismo e natação na abertura. “É obrigado que todas as atléticas inscrevam times nessas modalidades, por um motivo óbvio: a atletismo exige movimentos naturais, como correr e saltar. A UFPI está dando apoio a todo esse evento à medida que pode”, pontua o professor.

Professor Sérgio20191003171239

Prof. Dr. Sérgio Galan, Coordenador de Ações de Extensão voltadas para Cultura, Esporte e Lazer da PREXC

Engajadas e motivadas com o evento, o professor pontua que reuniões já foram feitas com as atléticas. Ele ainda destaca que a preferência é para que as atléticas participem, mas a única exceção será na modalidade feminina, já que poderá ter inscritos representando seu centro, caso ainda não tenha atléticas instituídas.

A Pró-Reitora da PREXC, Profa. Dra. Cleânia Sales, afirma que este é o momento de se reconhecer o protagonismo estudantil ao trazer as atléticas para os Jogos. Ela ainda destaca que o espaço garante participação efetiva da sociedade, que pode atuar de forma ativa. “Estamos com uma alta expectativa, embora estejamos em um contexto em que não temos tantos recursos. Friso que isso dificulta, mas não impede quem quer fazer um bom trabalho, especialmente por termos uma equipe excelente. Esperamos que se constitua um evento de sucesso, proporcionando interação dos estudantes e comunidades, além de lazer, saúde, bem-estar e tudo que os jogos permitem”, externa.

PHOTO-2019-10-10-09-43-24.jpg

Pró-Reitora da PREXC, Profa. Dra. Cleânia Sales

Etapas, modalidades e premiação

Os Jogos serão divididos em duas etapas. A previsão é que 15 atléticas participem do evento na capital, com duração de oito dias. No segundo momento, já definidos os campeões locais, os campi do interior (Picos, Floriano, Bom Jesus e Parnaíba) jogarão contra os vencedores da capital em um final de semana. Como no interior as atléticas estão começando agora, as seleções representarão seus centros.

As competições acontecem nas modalidades de futsal, basquete (3 contra 3), vôlei (areia e quadra) e handball. Quanto à premiação, por se tratar de um projeto de extensão, todos que participarem irão receber certificado. Além disso, os três primeiros colocados serão premiados com medalhas. 

 

Mais uma novidade: premiação da melhor torcida

Somando ao leque de novidades desta edição dos Jogos, a torcida também será parte importante nesse processo e será premiada pela sua atuação. O Prof. Sérgio Galan conta que os critérios que serão analisados ainda vão ser divulgados. “Pode ser quem tiver o melhor uniforme ou música de animação, por exemplo, mas ainda vamos estabelecer os critérios e a melhor torcida ganhará um troféu. Com essa ação, estamos estimulando que as torcidas criem, até para efeito de marketing externo, sua página no facebook, instagram e comecem a publicar muito para que tenhamos visibilidade”, destaca o professor.