Vice-Reitora recebe Comandante do Corpo de Bombeiros para tratar sobre projetos contra incêndio e pânico

Imprimir
Publicado: Terça, 17 de Setembro de 2019, 14h38

Na manhã desta terça-feira (17), a Vice-Reitora da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Profa. Dra. Nadir Nogueira, recebeu no Gabinete da Reitoria o representante do Corpo de Bombeiros, Coronel Carlos Frederico, para tratar sobre projetos que a UFPI está elaborando e executando na estrutura da Universidade.

Reunião com o comandante.jpgVice-Reitora, Comandante e Representantes da PREUNI durante a reunião     

Além da Vice-Reitora e do Comandante do Corpo de Bombeiros, fizeram-se presentes na reunião representantes da Prefeitura Universitária (PREUNI), para apresentar diretamente ao Coronel as demandas da Universidade; possibilitando assim, maior agilidade no andamento das demandas mais urgentes. O licenciamento do Corpo de Bombeiros dos projetos da Instituição é fundamental para que esses projetos avancem para o licenciamento ambiental, como é previsto em protocolo.

O Coronel tratou com a Vice-Reitora da UFPI e sua equipe sobre projetos contra incêndio e pânico de algumas unidades da Universidade Federal do Piauí (UFPI). “Tratamos sobre a necessidade de adequarmos esses projetos e conseguirmos avançar na proteção contra incêndio e pânico aqui dentro da Universidade Federal”, destacou o Coronel Carlos Frederico, Comandante do Corpo de Bombeiros.

Reunião com o comandante-5.jpgCoronel Carlos Frederico, Comandante do Corpo de Bombeiros

Durante a reunião o Comandante ainda apresentou a possibilidade de ofertas de treinamentos – cursos com pequenas durações – para as áreas de Engenharia. A proposta foi acatada pela Vice-Reitora que colocara em pauta a sugestão com os Diretores de Centro do Centro de Tecnologia (CT) e do Centro de Ciências Agraáias (CCA), setores em que os cursos de Engenharia ficam localizados.           

Reunião com o comandante-3.jpg Profa. Dra. Nadir Nogueira

A Profa. Dra. Nadir Nogueira aproveitou a oportunidade para falar da situação do Piauí em relação aos incêndios. “Teresina nesse momento, o Piauí como um todo e o Brasil, passam por uma situação extremamente grave com relação aos incêndios e o que a gente quer é agir de maneira preventiva”. Dessa forma, a Universidade se propõe a agir com o objetivo de proteger o patrimônio da Universidade, que compreende as pessoas e a estrutura da Instituição.