Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias - UFPI > IV Congresso de Atenção Primária a Saúde (CIAPS 2019)
Início do conteúdo da página

IV Congresso de Atenção Primária a Saúde (CIAPS 2019)

Imprimir
Publicado: Segunda, 21 de Janeiro de 2019, 10h13

IV CIAPS lançará livro “Pluralidade Masculina: contribuições para pesquisa em saúde do homem”

 

laçamento do livro ciasp.jpg

Será lançado dia 02 de maio, às 21 horas, no IV Congresso de Atenção Primária a Saúde (CIAPS), o livro “Pluralidade Masculina: contribuições para pesquisa em saúde do homem”. O livro é organizado por textos de pesquisas e reflexões que reúne mais de 100 pesquisadores nacionais e internacionais que discutem como as masculinidades influenciam os comportamentos dos homens no cuidado com a sua saúde.

Organizado por Jeferson Santos Araújo e Marcia Maria Fontão Zagodevido, a obra possui dois eixos temáticos: teorias e métodos para subsídios de pesquisa e pesquisas em saúde do homem distribuída em 37 capítulos com 792 páginas.

Masculinidade é um conceito muito significativo no desenvolvimento do homem, caracterizado como uma construção histórica, cultural e social. No entanto, sua relação é complexa e suas discussões apresentam-se cercada por tabus, mitos, preconceitos e relações de poder.

De acordo com a cientista social Márcia Thereza Couto, que faz a apresentação da obra, “a coletânea de capítulos que o livro Pluralidade Masculina: contribuições para Pesquisas em Saúde do Homem” apresenta é um rico exemplo da vitalidade e promessa de continuado avanço na área de estudos de gênero, masculinidades e saúde e, por isso, muito bem-vindo não apenas para estudiosos do campo, mas para estudantes e profissionais de saúde.

Sobre os organizadores da obra

Jeferson Santos Araújo é professor do curso de Saúde Coletiva da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa); Doutor em Enfermagem pelo Programa de Pós-Graduação em Enfermagem Fundamental pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (EERP/USP); Membro do Centro Colaborador da OPAS/OMS para o Desenvolvimento da Pesquisa em Enfermagem. University of São Paulo at Ribeirão Preto College of Nursing; Especialista em Enfermagem Oncológica e em Enfermagem do Trabalho - EERP/USP;  Graduado e Licenciado em Enfermagem e Obstetrícia pela Universidade Federal do Pará (UFPA). 

Márcia Maria Fontão Zago é graduada em Enfermagem pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (USP) em 1978; com Mestrado (1990) e Doutorado (1994) em Enfermagem Fundamental pela EERP-USP; É Professora Associada (2000), aposentada (2010), integrada ao Programa Professor Sênior da USP (2013); É consultora da Coordenação de Apoio ao Pessoal de Nível Superior (Capes), Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq) e Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), do Conselho Editorial de Periódico Nacional e presta assessoria à vários periódicos nacionais. Tem experiência nas áreas de Enfermagem Oncológica; Foi coordenadora do curso de Especialização de Enfermagem em Oncologia de 2000 a 2010; É líder do Grupo de Estudo da Reabilitação de Pacientes Cirúrgicos e Oncológicos – (GERPCO). Sua principal experiência em investigação envolve a aplicação da abordagem da Antropologia Médica e de Métodos Qualitativos para a pesquisa de fatores culturais na sobrevivência de pacientes/familiares com doença crônica, como o câncer.

Com informações  de UNIFESSPA

 


 

 

 

WhatsApp Image 2019-01-21 at 11.04.26.jpeg

A Atenção Primária em Saúde e as Redes de Atenção em Saúde são temas atuais e que estimulam as discussões sobre a práxis do planejamento em saúde, pensando nisso, a Universidade Federal do Piauí, Núcleo de estudos pesquisa e extensão em educação permanente para o SUS (Nuepes), Universidade Aberta do SUS (UNASUS) e Programa de Mestrado Profissional em Saúde da Mulher (PMPSM) realizarão entre os dias 2 a 4 de Maio de 2019, em Teresina, o IV Congresso de Atenção Primária a Saúde (CIAPS 2019).

Durante o evento haverão discussões sobre a tomada de decisões em saúde, tanto no nível local como no internacional, do serviço ou acadêmicas para atender aos gestores e trabalhadores do SUS constantemente às voltas com a falta de profissionais adequados e discrepâncias em sua distribuição regional. Além disso, será discutido durante três dias de evento a implantação do Núcleo Universitário de Telessaúde irá melhorar a resolubilidade na Atenção Primária, desafogar o sistema de Saúde local pela resolução dos problemas de saúde e forma eficaz e descentralizada, qualificar técnicos e profissionais no serviço, dar suporte à ESF, com qualidade assistencial e redução de custos com conferencistas nacionais e internacionais.

O IV CIAPS contará com participação de conferencistas, dentre eles, o Dr. José Arimatéia Dantas Lopes, Dra. Ana Estela Haddad, Dra. Ângela Maria Paiva Cruz, Dr. Mauro Guimarães Junqueira, Dr. Luiz Ary Messina.

O evento oferecerá 12 oficinas, algumas delas são destinadas à fitoterapia e prescrição medicamentosa; EvipNet: medicina baseada em evidência; Urgência e Emergência; Atenção Básica e a Planificação; Ensino Superior: transformação digital; Telessaúde Brasil Redes; Biblioteca virtual em saúde; Ética no uso das tecnologias; Informação em Saúde; Bioestatística aplicada à Pesquisa; A pesquisa qualitativa empregada na saúde; O CONASEM e as ações para a regionalização.

Para mais informações sobre a programação e inscrição, acesse o site do evento: https://ciaps2019.com.br.

Fim do conteúdo da página