Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias - Picos > Picos terá I Encontro sobre Saúde do Trabalhador
Início do conteúdo da página

Campus de Picos agora integra o serviço global de rede sem fio Eduroam

Imprimir
Publicado: Segunda, 30 de Setembro de 2019, 08h55

IMG 235020190925111639

A Direção do Campus Senador Helvídio Nunes de Barros (CSHNB) esteve reunida recentemente com a equipe da Superintendência de Tecnologia da Informação (STI) da Universidade Federal do Piauí (UFPI). Durante o encontro, o Superintendente, Ricardo Lira explicou sobre o sistema Eduarom (Education roaming) e informou que foram realizados testes, validação e consolidação da aplicação do sistema na UFPI em Teresina. 

Esse sistema desenvolvido pela comunidade internacional de educação e pesquisa permite que membros de uma instituição possam se conectar às Wi-Fi de outras instituições, de forma simples e segura, utilizando para autenticação as credenciais de acesso de sua instituição de origem. O projeto Eduroam é mantido pela Rede Nacional de Pesquisa – RNP e tem como principal objetivo fornecer mobilidade de acesso em redes sem fio, entre instituições participantes. 

Após o encontro entre a Direção do CSHNB e a Superintendência de Tecnologia da Informação e em parceria com a equipe de Divisão de Tecnologia da Informação (DTI) em Picos, o Campus agora passa a integrar esse serviço global de rede sem fio. A equipe composta pelos Técnicos de Tecnologia da Informação, Nonato Sales, Rafael Luz e Jonnison Lima foi dada a missão de proporcionar ao Campus Senador Helvídio Nunes de Barros a possibilidade de ser o primeiro da UFPI no interior a contar com o sistema Eduarom e fazer parte dessa rede proposta pela RNP para fazer uso global.

Conforme o técnico, Nonato Sales, a implementação do Eduroam irá facilitar o acesso à internet. “Vai facilitar muito com relação aos usuários, principalmente, porque como a nossa Wi-Fi dispõe de equipamentos Cisco, de ponta, o pessoal no começo demorou a se adaptar com a forma que utilizamos de autenticação. Com o Eduroam vai facilitar esse acesso, pois vou manter as credenciais da minha instituição de origem fazendo com que esse serviço fique mais prático tanto para a comunidade quanto para os técnicos”, afirma.

Nonato Sales destaca também melhorias previstas para serem implementadas na rede de acesso à internet do CSHNB. “Estamos tentando expandir mais o acesso Wi-Fi entre o Campus, porque ele não abrange 100%. Vamos trocar os nossos aps Ciscos por Aruba, sair de 20 e aumentar para 30 abrangendo alguns pontos cegos. Hoje 80% do nosso acesso à internet no Campus é por dispositivos móveis: celular, tablet, notebook e apenas 20% conectado ao cabo. Então, vamos proporcionar essa acessibilidade com pontos estratégicos: RU, Pátio e na Cantina onde concentra o maior número de pessoas e vamos tentar expandindo esse acesso’, finaliza.

 

Fim do conteúdo da página