Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias - Picos > VII Convocação do Cadastro de Reserva do Benefício BAE - UFPI/CSHNB
Início do conteúdo da página

Docente da UFPI/CSHNB foi contemplado com bolsa de produtividade em pesquisa

Imprimir
Publicado: Quarta, 15 de Maio de 2019, 10h08

Joao Marcelo20190515090341

Prof. Dr. João Marcelo de Castro e Sousa

 

A comunidade acadêmica do Campus Senador Helvídio Nunes de Barros (CSHNB), da cidade de Picos - Piauí, vem a público parabenizar o Prof. Dr. João Marcelo de Castro e Sousa, docente da UFPI, lotado no Campus de Picos, por ter sido contemplando com bolsa de produtividade em pesquisa, na área de ciências da vida, Edital nº 01/2019 - PROPESQI/PRPG/UFPI.

 

Carreira Acadêmica:

O Prof. Dr. João Marcelo é Biólogo (Graduação pela Universidade Federal do Piauí-UFPI, na modalidade Bacharelado) desde 2006, possui mestrado em Genética e Biologia molecular pela Universidade Federal do Pará, em 2009 e, doutorado em Ciências pela Universidade Estadual de Maringá, em 2015.

 

Pesquisa:

 

Grupo de alunos 120190515091103

Integrantes do Núcleo de Pesquisa em Genética Toxicológica e Atividade Antitumoral - TOXGEN

 

Venho como professor da UFPI desde 2010, no Campus de Picos, desenvolvendo pesquisas na área de Genética Toxicológica, com ênfase para mecanismos moleculares e citogenéticos de mutagênese, carcinogênese e de produtos naturais isolados (total de 61 artigos publicados, sendo 48 nos últimos 04 anos). Desde 2016 estou como docente do quadro permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas - (mestrado e doutorado) e desde (2018) como professor efetivo do Doutorado da RENORBIO, ambos da Universidade Federal do Piauí (UFPI); Ademais, faço parte da proposta de APCN de mestrado de Biociências do Departamento de Biofísica e Fisiologia. 

 

Grupo de alunos 220190515091321

Laboratório de Pesquisa I do Campus Senador Helvídio Nunes de barros (Picos-PI)

 

Atualmente, coordeno juntamente com o professor Dr. Felipe Cavalcanti C. da Silva o Laboratório de Pesquisa I do Campus Senador Helvídio de Nunes Barros, Picos-PI, da UFPI, onde está atualmente vinculado o nosso Núcleo de Pesquisa em Genética Toxicológica e Atividade Antitumoral (TOXGEN) e subcoordeno o Laboratório de Genética Toxicológica do Núcleo de Tecnologia em Ciências Farmacêuticas (LAPGENIC), Coordenado pela Professora Dr. Ana Amélia de Carvalho Melo Cavalcante.

Venho desenvolvendo projetos de pesquisas relacionados ao biomonitoramento toxicogenético de produtos naturais, de fármacos e do meio ambiente, bem como de monitoramento clínico de terapias medicamentosas e oncológicas. Recentemente, eu, juntamente com a profa. Ana Amélia aprovamos projetos financiados pelo CNPQ (Avaliação nanotoxicogenética e antitumoral da Citrinina em estudos in vitro e em modelos de câncer de mama aprovado na Chamada MCTIC/CNPq Nº 28/2018 - Universal/Faixa A - Até R$ 30.000,00, Nº do Processo: 427366/2018-6) e FAPEPI-PPSUS (Monitoramento toxicogenético dos efeitos do Omeprazol em sangue periférico e em epitélios bucal e estomacal de pacientes com patologias gástricas, aprovado com financiamento pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Piauí-FAPEPI através do edital FAPEPI/MS-DECIT/CNPq/SESAPI N° 002/2016 – PPSUS do Programa Pesquisa para o SUS: Gestão compartilhada em saúde (PPSUS).

Em eventos científicos (26 eventos como participante) venho periodicamente participando com mais de 50 (cinquenta) trabalhos apresentados (orientador) e palestras proferidas, bem como mais de 69 resumos apresentados em congressos por alunos de graduação sob nossas orientações (João Marcelo Castro, Ana Amélia de Carvalho e Felipe Cavalcanti) com 16 premiações recebidas. 

 

Grupo 120190515091521

Apresentações de trabalhos pelos discentes do Laboratório de Pesquisa I em diferentes congressos no Brasil (Belo Horizonte - MG, Ribeirão Preto-SP, Parnaiba – PI)

 

As publicações iniciaram em 2010, especialmente no período de 2016-2019, estamos publicando em periódicos indexados em bancos de dados relevantes e com Qualis pela CAPES (A1, A2, B1, B2, B3, B4), totalizando mais de 1000 pontos, segundo critérios da CAPES, para a área de Farmácia e Biotecnologia. Em relação às orientações de pesquisas científicas tenho 4 (quatro) orientações de mestrado concluídas com artigos publicados. Atualmente, oriento 02 (dois) alunos de mestrado; 02 (duas) orientações de doutorado, 02 (duas) orientações de especialização em Oncologia Clínica e Experimental, 05 (cinco) Iniciações científicas (IC e ICV) e, finalmente, 04 alunos de TCC, totalizando (15 alunos de pesquisa). Também tenho participado em co-orientações de mestrado e de doutorado em parcerias com outros docentes da Universidade Federal do Piauí (Programas de mestrado em Ciências Farmacêuticas, Farmacologia e Química). Tenho também orientado diversos trabalhos de conclusão de cursos (34 finalizados) e de iniciação científica (10 concluídas) e estágios. Diante do exposto venho contribuindo para pesquisas básicas e aplicadas de importância para o conhecimento científico em Toxicogenética e atividade antitumoral e para a formação de recursos humanos.

 

Ensino:

Como dito anteriormente, lotado no curso de Ciências Biológicas do Campus de Picos desde 2010, ministrando aulas em três diferentes cursos de Graduação: Biologia, Enfermagem e Nutrição, já tendo ministrado as seguintes disciplinas: Bioquímica, Fisiologia, Citogenética, Genética, Biologia molecular, Biologia do câncer e Trabalho de Conclusão de Curso, com mais de 38 orientações de TCCs concluídas nas áreas de ensino e pesquisa com alunos dos diferentes cursos; Além disso, Coordenador de TCC do Curso de Graduação em Ciências da Natureza - modalidade Ensino a Distância (EaD), ministrando também aulas nessa modalidade, além de já ter ministrado disciplinas em novos cursos como o PROCAMPO (Programa Institucional de Apoio às Licenciaturas em Educação do Campo). Ademais, contribui no ensino participando como Coordenador por 05 anos do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID).

 

Extensão:

Há mais de 04 anos, realizamos um pilar da UFPI bem interessante do qual me apaixonei que é a extensão. Coordeno juntamente com o professor Felipe Cavalcanti 02 (dois) Projetos de Extensão/UFPI no nosso Campus de Picos: “Liga Acadêmica de Oncologia e Histologia – LAOH” e o Projeto “Promoção de Saúde nos povoados quilombolas”, formado atualmente por um total de 14 alunos com 06 bolsistas de diferentes cursos (Ciências Biológicas, Nutrição, Enfermagem e Medicina). 

Grupo 220190515091714

Símbolo e os discentes dos diferentes cursos de saúde do Campus de Picos integrantes da Liga

 

Nesses projetos, Coordenamos e organizamos eventos de extensão na cidade de Picos e microrregião voltados para a área de Oncologia como Simpósios Multidisciplinares de Oncologia, Cursos de Pesquisas Multiprofissionais, Intervenções e visitas com palestras de prevenção da doença em escolas, shoppings, hospitais públicos e povoados quilombolas, bem como, campanhas de doações de perucas, lenços e brinquedos para adultos e crianças que passam por necessidades durante o período de tratamento do câncer. Esse último é um subprojeto dentro da Liga de Oncologia do qual intitulamos “Fios de Alegria” mentalizado pela nossa ligante Ana Rafaela Silva Pereira. Esse projeto ganhou o 1° lugar de apresentação oral do nosso SEMEX realizado no Campus de Picos em 2018. 

 

Grupo 320190515091843

Atividades da nossa Liga de Oncologia nas praças, escolas, nos postos de saúde, no campus de Picos e nas ruas realizando nossa 1° caminhada de combate contra o câncer

 

Grupo 420190515092029

Visita e intervenção de saúde a um povoado Quilombola na microrregião de Picos

 

Grupo 5.png20190515092149

Nosso querido projeto “Fios de Alegria”, com doações de cabelos, brinquedos e lenços para pacientes oncológicos

 

"Acredito que os eixos Ensino, Pesquisa e Extensão são indissociáveis, assim, procuro dentro do nosso Campus, do qual tenho muito orgulho em está inserido nesses aproximadamente 10 anos, realizar Ensino associado à Pesquisa e utilizar essa Pesquisa em forma de Extensão para melhorar a nossa sociedade Picoense e Microrregião", ressalta o Prof. Dr. João Marcelo de Castro e Sousa.

 

Fim do conteúdo da página