Projeto de extensão da UFPI promove inclusão social por meio da alfabetização

Imprimir
Publicado: Segunda, 15 de Abril de 2019, 22h24

WhatsApp Image 2019 04 09 at 15.32.5020190412084849

 

Apesar da luta constante para reduzir o analfabetismo no Brasil, dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelam que cerca de 11,8 milhões de brasileiros ainda não sabem ler ou escrever. No Piauí, dados de 2017 apontam que este número alcança um total de 500 mil piauienses.

A fim de incentivar a educação, o projeto de extensão “Ler, escrever e contar: um jeito diferente de aprender e ensinar”, desenvolvido por estudantes do curso de pedagogia e coordenado pela Profa. Dra. Maria Cézar de Sousa, do Campus Senador Helvídio Nunes de Barros, busca promover a inclusão social por meio da alfabetização para a comunidade picoense.

A professora Maria Cézar explica que o projeto atende pessoas da comunidade, sejam crianças, adolescentes ou adultos. “Cada acadêmico escolhe uma ou duas pessoas da região para realizar esse trabalho, através de encontros semanais, com duração de duas horas”, informa.

Os estudantes da disciplina fazem um diagnóstico, analisam a evolução dos alunos e orientam para um processo de alfabetização mais interativo. O projeto existe desde 2016 e vem permitindo aos acadêmicos pôr em prática seus conhecimentos, além de contribuir com a comunidade local.

“Ler, escrever e contar: um jeito diferente de aprender e ensinar” é vinculado à Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PREXC) da UFPI e estende o aprendizado adquirido na disciplina para a comunidade.

 

Contatos:

Coordenadora Maria Cézar de Sousa - (89) 3422-4207.

Projeto Mobiliza PREXC - (86) 9.9498-7541.