Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias - PARFOR > RESULTADO DA INTERPOSIÇÃO DE RECURSO À HOMOLOGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES
Início do conteúdo da página

Facebook

Instagram - Parnaiba

Alunos de história realizam projeto de intervenção sobre a cultura afro-brasileira e indígena

Imprimir
Publicado: Quarta, 27 de Novembro de 2019, 10h12

Na ultima terça-feira (19), alunos do Curso de História em Bom Jesus realizaram o projeto de intervenção com a temática: História e Cidadania na escola, "Cultura afro-brasileira e indígena". O projeto teve como objetivo mostrar o universo cultural destes povos e sua contribuição para a cultura brasileira tanto na dança, na culinária, no vestiário e na religião.

 

 

A cursista Gleide Meneses da Silva falou sobre o proposito de realizar essa atividade: “Tivemos o intuito de levar os alunos a perceber o real descaso e desrespeito que esses povos são tratados dentro do espaço político e social desde o período colonial até os dias atuais. Buscamos compreender quais as percepções da comunidade escolar sobre os índios e negros e se são estimulados a perceber a diversidade cultural desses povos e o quanto ela está presente em nossa vida, ou seja, sua contribuição para a nossa cultura. Sendo assim, levamos a nossa contribuição mostrando a dança, a comida, o vestuário e os costumes que estão presente em nossas vidas e que são heranças dos índios e dos negros, e mostramos as torturas que eles sofreram”, afirmou.

 

 

A atividade foi orientada pelos professores Francisco Waldílio e Veruska de Carvalho, que abordou também a discussão sobre a Lei 11.645/2008, para que os alunos tivessem conhecimento da importância que o ensino da cultura afro-brasileira e indígena é necessário.

“Pensamos em uma atividade que trabalhasse a Lei 10.639 que foi sancionada em 2003 e institui o ensino da cultura e história afro-brasileiras e africanas e a Lei 11.645 que a complementa, instituindo também a história e cultura indígena como currículo obrigatório na educação básica. Nesse sentido, avaliamos como exitosa a intervenção ocorrida em Alvorada do Gurguéia, haja vista a boa receptividade e participação da comunidade escolar. Sem dúvida o Parfor vem cumprindo um papel de suma importância na formação de professores e professoras, sempre proporcionando o diálogo direto com a comunidade, esse é o caminho para a melhoria da educação e do exercício da cidadania de nossos educandos” explicou o professor Francisco Waldílio.

 

 

Para a cursista o trabalho foi muito interessante: “Os alunos participaram atentamente e se mostraram interessados, debatemos e tenho certeza que a partir daquele momento eles vão ter um novo olhar sobre esses povos, e para mim também foi gratificante, pois é essa a missão do professor deixar sua contribuição para formarmos uma sociedade melhor e cidadãos de bem”, concluiu Gleide Meneses.

O Projeto de Intervenção foi realizado pelos professores cursistas: Gleide Meneses da Silva, Joselma Alves de Oliveira, Geni da Silva Barbosa Tito Saraiva, Maria Sorleide Diodato dos Santos, Maria Aparecida Alves de Sousa barbosa, Fabiana da Silva Rodrigues, Franceana Dias Gonçalves e Francinalva Dias Gonçalves.

Fim do conteúdo da página