Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias - PARFOR > Parfor e LEDOC: relação dos alunos sujeitos ao cancelamento de matrícula
Início do conteúdo da página

Cursistas de Geografia realizam atividade de campo de conscientização ambiental

Imprimir
Publicado: Terça, 30 de Julho de 2019, 09h24

 

Professores cursistas de Geografia do Programa Nacional de Formação de Professores da Educação Básica - Parfor/UFPI do Polo de Luzilândia realizaram atividade de campo onde se visitou os seguintes pontos: lixão, centro comercial, margem do rio Parnaíba e lagoa do Cajueiro, sob a orientação do professor Cícero Rodrigues.

A disciplina Atividades Curriculares de Extensão II – ACE II tem como proposta discutir a responsabilidade socioambiental, sociodiversidade e meio ambiente, assim como os problemas ambientais urbanos na perspectiva de despertar a consciência ambiental da comunidade através da educação ambiental.

 

No lixão procurou-se entender como se dá a gestão do lixo no município, o tipo de disposição, a origem e a classificação dos resíduos sólidos. O descarte inadequado dos resíduos sólidos provoca inequívocos impactos negativos sobre a qualidade das águas, do ar, do solo e destruição da biodiversidade.

No centro comercial foram observadas as atividades econômicas que impulsionam o desenvolvimento do município, destacando como se dá o descarte dos resíduos sólidos do esgoto.

Na margem do rio Parnaíba, os alunos enxergaram problemas relacionados a atividades econômicas (lava a jato) que descartam seus dejetos, sem nenhum tratamento, diretamente no rio. Outro aspecto observado foi os problemas socioambientais decorrentes das inundações que ocorrem em construções feitas no leito maior do rio.

 

A lagoa do cajueiro, situada nos municípios de Luzilândia e Joaquim Pires, é uma das maiores lagoas do Piauí, com área de 17 Km². É uma área de rara beleza cênica que atrai centenas de turistas levando para a região o desenvolvimento de atividades econômicas. Contudo, observou-se no local o descarte inadequado dos resíduos provenientes dos esgotos e a construção de banheiros às margens da lagoa.

Segundo a professora cursista Márjore de Sousa Silva, foi uma experiência única: “Fizemos uma aula de campo bem dinâmica conhecendo onde o lixo de Luzilândia é depositado após a coleta da cidade, na qual envolvia o assunto ministrado pelo Professor Cícero Rodrigues, onde podemos ter o maior proveito da aula teórica colocando em prática e conhecendo mais de perto a realidade de nossa cidade. A atividade foi um despertar para a importância de se ter um local propício para o lixo, e assim passar a conscientizar mais as pessoas a colocarem o lixo em seu devido lugar”, afirma.

Para o professor formador Cícero Rodrigues, “As discussões têm como objetivo compreender a dinâmica do espaço geográfico aliando teoria e prática na vivência dos professores cursistas, produzindo elementos significativos para a profissão docente levando à reflexão e compreensão dos vários fatores que compreendem o processo de ensino/aprendizagem”.

Fim do conteúdo da página