Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Grupos de Pesquisa
Início do conteúdo da página

Grupos de Pesquisa

Imprimir
Publicado: Quarta, 15 de Março de 2017, 16h54

1. Aspectos funcionais e epidemiológicos em promoção da saúde

Líder(es) do grupo: Baldomero Antonio Kato da Silva e Vinicius Saura Cardoso

DESCRIÇÃO: Grupo de pesquisa destinado ao estudo de aspectos funcionais e epidemiológicos na promoção da saúde, buscando o desenvolvimento de pesquisas envolvendo: (1) procedimentos para avaliação e identificação de sinais biológicos em diversas disfunções, (2) impacto das intervenções fisioterapêuticas sobre alterações funcionais, (3) identificação de marcadores epidemiológicos para mapeamento da prevalência de disfunções e eventos de interesse na saúde coletiva, (4) desenvolvimento de tecnologias para promoção da saúde humana e (5) avaliação de aspectos relacionados à inclusão de portadores de necessidades especiais.

2. Desempenho Humano e Funcionalidade no contexto piauiense - UFPI

Líder (es) do grupo: Victor Hugo do Vale Bastos 

DESCRIÇÃO: O presente grupo de pesquisa objetiva repercussões no cenário acadêmico-científico nas diversas áreas que abrangem o desempenho humano e sua funcionalidade. Voltado para o contexto do estado do Piauí, o grupo de pesquisadores, almeja ainda o devido reconhecimento do estado no contexto nacional e internacional com pesquisas de qualidade.

3. Desenvolvimento motor e equilíbrio humano. - UFPI

Líder (es) do grupo: Vinicius Saura Cardoso e Alessandra Tanuri Magalhães

4. Genética Humana e Médica

Líder (es): Giovanny Rebouças Pinto e France Keiko Nascimento Yoshioka

DESCRIÇÃO: O Grupo de Pesquisa de Genética Humana e Médica tem contribuído com diversas áreas do conhecimento, que visam o desenvolvimento sócio-educacional e científico do Estado do Piauí, em especial das mesorregiões Norte e Centro-Norte. Neste sentido, foram criadas as linhas de pesquisa Epidemiologia Molecular, em 2009, e de Genética do Câncer, em 2010, que têm como principal objetivo a investigação do papel das variações genômicas na suscetibilidade a doenças complexas. De fato, o desenvolvimento dessas linhas possibilitou a aprovação de projetos, que tem como metas desenvolver diagnósticos diferenciais e estratégias preventivas em saúde pública em nossa Região e que hoje começam a ter seus resultados divulgados em encontros e periódicos especializados.

5. ECAMN - Ecologia Aquática do Meio Norte

Líder (es): Michelle Pinheiro Vetorelli e Ruceline Paiva Melo Lins

DESCRIÇÃO: O grupo é formado por na sua maioria professores doutores com formação nas áreas de recursos naturais, aquicultura, ictiologia e genética molecular e alunos dos cursos de engenharia de pesca e biologia da UFPI campus de Parnaíba. o grupo desenvolve pesquisas nos lagos e lagoas da região do alto Parnaíba em relação a capacidade de suporte, diversidade de peixes, bioecologia de Macrobrachium, ecologia de fitoplâncton e impacto ambiental da aquicultura.

6. Grupo de Diversidade e Ecologia de Invertebrados Bentônicos do Delta

Líder (es): Rosana Aquino de Souza e José Gerardo Ferreira Gomes Filho

DESCRIÇÃO: O Grupo é uma continuidade do extinto GEIB (Grupo de Ecologia de Invertebrados Bentônicos). Os líderes do grupo agora têm a sua base no Campus de Parnaíba/UFPI e focam suas pesquisas na região da APA do Delta do Parnaíba. Foram produzidos no âmbito do grupo 7 monografias, das quais uma foi publicada em periódico B1. Foram apresentados inúmeros resumos e trabalhos completos em anais de congresso, e inúmeros outros artigos se encontram em preparação. A maioria destes trabalhos trazem novos conhecimentos sobre a taxonomia, biologia e ecologia da fauna do estado do Piauí, incluída na APA do Delta do Parnaíba.

7. Grupo de Ecologia de Invertebrados Bentônicos

Líder (es): Rosana Aquino de Souza e José Gerardo Ferreira Gomes Filho

DESCRIÇÃO: O grupo iniciou suas atividades em 2010 e atualmente possui diversos projetos em andamento, estando dois deles cadastrados na Universidade Federal do Piauí. Os trabalhos de campo sobre comunidades de invertebrados bentônicos da região intertidal de praias rochosas do Piauí realizados pelo grupo estão contribuindo para o conhecimento da biodiversidade local, registrando a ocorrência de diversas espécies e trazendo as primeiras informações sobre a diversidade funcional dessas comunidades no Estado. Os primeiros resultados foram apresentados no 3o Congresso Brasileiro de Biologia Marinha em Natal-RN (Gomes-Filho e Cavalcante, 2011), seis trabalhos foram publicados nos anais do XXIX Congresso Brasileiro de Zoologia. Duas monografias de graduação foram defendidas, 1 artigo foi submetido e 2 encontram-se em preparação.

8. Grupo de Pesquisa em Melhoramento Genético Animal

Líder (es): Severino Cavalcante de Sousa Júnior e Karina Rodrigues dos Santos

DESCRIÇÃO: o grupo visa realizar pesquisas relacionadas a produção e melhoramento genético Animal de caprinos, ovinos e bovinos da região Sul do Estado do Piauí e outras localidades. O grupo já oferece, atreves dos pesquisadores que o compõem, várias linhas de pesquisas em ruminantes. O objetivo do grupo é ampliar mais sua linha de pesquisa visando contribuir com o incremento da produção animal.

9. Biodiversidade do Baixo Parnaiba

Líder (es): Maria Helena Alves e Jesus Rodrigues Lemos

DESCRIÇÃO: O grupo atua em Biodiversidade e suas aplicações em pesquisa e no ensino de graduação. Sua pesquisa é de natureza interdisciplinar, seguindo o espectro de multidisciplinaridade requerido em suas linhas de pesquisa. Busca-se realizar pesquisas em parceria com outras Instituições de Ensino e de Pesquisa do Estado do Piauí, da região Nordeste, do Brasil e do exterior. Este grupo possui pesquisadores das áreas de Botânica, Microbiologia, Genética, Bioquímica e Ecologia. Todos os pesquisadores têm por missão a formação de futuros profissionais nas áreas supra citadas nos diversos ecossistemas existentes no Estado do Piauí, especificamente na região do Delta do Parnaíba, visando suprir a carência evidente de estudos relacionados a essas áreas do conhecimento. As implicações dos trabalhos originados das atividades científicas realizadas por este Grupo de Pesquisa abrangem vários campos da atividade humana, com reflexos positivos para a manutenção da qualidade de vida das comunidades envolvida.

10. Biodiversidade e Biotecnologia

Líder (es): José Roberto de Souza de Almeida Leite e Durcilene Alves da Silva

DESCRIÇÃO: O Grupo de pesquisa em Biodiversidade e Biotecnologia está vinculado ao Campus Ministro Reis Velloso (CMRV) da Universidade Federal do Piauí (UFPI) no Município de Parnaíba. Esta macrorregião pertence à região do Delta do Parnaíba, com grande índice de endemismo e biodiversidade única. Neste contexto, através do Projeto Biodiversidade do Delta (PROBID), este grupo alia o estudo da biodiversidade regional com o desenvolvimento sustentável oriundo da pesquisa científica nas áreas de biotecnologia, bioprospecção, nanotecnologia e química de biomoléculas. No campo da nanotecnologia, enfocamos o estudo de filmes finos auto-montados (LbL, Layer-by-Layer), intercalados com peptídeos bioativos, gomas naturais regionais e compostos inorgânicos afim de desenvolver novos materiais e sensores eletroquímicos para aplicação farmacológica e/ou industriais. O grupo possui o intuito de aliar a prospecção de moléculas bioativas, como peptídeos anti-Leishmania, a partir da biodiversidade do Delta com a inovação tecnológica em parceria com outras instituições públicas e privadas, acreditando que apenas o uso sustentável de seus recursos naturais pode levar o país a conservar sua biodiversidade e caminhar rumo ao desenvolvimento.

11. Grupo de Pesquisa e Inovação em Análise, Tecnologia de Alimentos e Cosméticos

Líder (es): Sandra Helena de Mesquita Pinheiro e Pedro Sanches dos Reis

DESCRIÇÃO: O GPIATÃC (Grupo de Pesquisa em inovação e análise, tecnologia de alimentos e cosméticos), tem como objetivo trabalhar com análise de alimentos, desenvolvimento e inovação tecnológica de produtos alimentícios e cosméticos, gerando materiais no aproveitamento dos recursos da região do delta do Parnaíba e litoral piauiense, trazendo respostas para o desenvolvimento científico e tecnológico desta região e áreas circunvizinhas.

12. Caracterização bioquímica e epidemiologia molecular de isolados de Cryptococcus spp. no estado do Piauí, Brasil

Líder (es): Fernanda Machado Fonseca

13. Farmacologia da Inflamação e Desordens Gastrintestinais

Líder (es): Jand Venes Rolim Medeiros

DESCRIÇÃO: O nosso grupo de pesquisa vem estudando há alguns anos a patogenia macroscópica e microscópica da lesão no trato gastrintestinal induzida por agentes diversos com vários projetos aprovados em órgãos de fomento. Já demonstramos que os mediadores gasosos são importantes, em todos os aspectos, para a proteção gastrintestinal induzida por agressores externos. Também temos nos dedicado ao estudo de novas biomoléculas para o tratamento de diversas doenças. Demonstramos a eficácia de inúmeras moléculas extraídas de produtos naturais em modelos de inflamação aguda e subcrônica, modelos de analgesia e modelos de lesões gástrica e intestinal. Apenas nos últimos anos publicamos mais de 40 artigos científicos em periódicos importantes, fizemos dois depósitos de patente de substâncias antiinflamatórias e entramos com pedido de mais alguns. Recentemente, identificamos 3 moléculas oriundas de produtos naturais com excelente atividade antidiarreica, sendo promissores para o tratamento desta doença.

14. Grupos de Estudos avançados em micologia médica (GEAMICOL)

Líder (es): Tatiane Caroline Daboit

DESCRIÇÃO: O objetivo do grupo é realizar estudos com enfoque na micologia médica, nas áreas epidemiológica, diagnóstico, imunólogica, de bioquímica e fisiologia, e principalmente, na prospecção de substâncias com potencial antifúngico.

15. Morfologia e Fisiologia Muscular

Líder (es): Marcelo de Carvalho Filgueiras

16. Laboratório de Mapeamento e Plasticidade Cerebral

Líder (es): Silmar Silva Teixeira

DESCRIÇÃO: O Laboratório de Mapeamento e Plasticidade Cerebral desenvolve diversos experimentos que envolvem tarefas com paradigmas elaborados no laboratório e em parcerias com outros centros de pesquisa. Estes modelos visam contribuir no avanço do conhecimento da plasticidade e funcionalidade cerebral. Especificamente, realizamos estudos da percepção do tempo e interface cérebro-máquina. Estas investigações têm como proposição desenvolver tecnologias para a reabilitação de indivíduos com doença de Parkinson e com sequelas de acidente vascular cerebral.

17. Biodiversidade Animal do Semi-Árido

Líder (es): Anderson Guzzi e Guilherme José Bolzani de Campos Ferreira

DESCRIÇÃO: Este grupo visa o estudo ecológico e descrição morfológica das espécies silvestres do estado do Piauí, principalmente na área de ecótono cerrado/caatinga. Visamos com isto trazer uma visão mais aprofundada desta área de tensão ecológica, bem como das espécies que a habitam. Este grupo vem se estruturando e se construindo com pesquisadores dos Campi da UFPI que atuam em todas as áreas de Biodiversidade.

Fim do conteúdo da página